Brechós do Chile

Gente é bem provável que vergonha na cara eu não tenho, né? Estou com dois guias, na verdade três, há mais de anos (isso mesmo no plural) pra lançar e nada de postar… Por favor né?

O primeiro deles é do Chile, da minha viagem desse Reveillon 2014/15 e se você achou que não faz tanto tempo assim pensa que tem o da Califórnia 2013/14 e de NYC 2011, aff!

Enfim, dito isso, sempre que vou viajar para algum lugar dou um pesquisada sobre brechós do local. Não sei se já comentei isso aqui antes mas sempre faço isso, sabe? Assim no meio de um passeio de avistar um letreiro familiar já me jogo ou tento encaixar os endereços com os passeios culturais. Assim namorado que odeia compras tem alguma coisa para olhar ao redor enquanto eu dou uma garimpada.

Nas últimas férias fomos para o Chile, ficamos a maior tempo em Santiago mas fomos também para Valparaíso, Viña del Mar e Casablanca. Então corri pro oráculo, aka Google, e já levei anotadinhos alguns endereços e nomes de brechós de lá.

O Cero 90 é um brechó de rede, ou seja, você encontra vários por Santiago e também em algumas outras cidades próximas. É daquele tipo brechózão de ser, cheiodecoisas.com.br. Passamos por alguns deles e quando consegui entrar confesso que tive um pouco de preguicinha. Só pra dizer, catei um lenço lindo colorido e corri pro caixa.

Passamos também por esse Ropero mas estávamos corridos para ir ao Cerro San Cristóbal então não consegui entrar. Pareceu legal mas como o peso chileno não estava assim tão mais barato que o real, achamos tudo bem elas por elas, nem empolguei muito em compras. Preferi curtir a trip e focar nos bons momentos. Ou seja, comer e beber bem.

Mas aí eis que aparece o Nostalgic que é tipo assim um sonho rs rs! Não é assim dos mais organizados mas daqueles que não precisa de muito esforço pra achar algo legal sabe. Em cada arara tu já sai com pelo menos uma pecinha no braço pra levar pro provador e assim vai. Acabei com um bolo de roupas e isso não foi muito bom porque a fila do provador estava o ó e as pessoas levemente me hostilizaram com o olhar. Mas né, estava turistando e não tenho aquilo ali todos os dias então abri meu sorrisão, dei de ombros do tipo “me passei, sorry” ou melhor “lo siento” e fui toda boba prova tudo. De tudo que provei levei uma saia longa floral, blazer de tulipas ou coração (como preferir ou enxergar) e um vestido estampado com pontas.

Nas minhas pesquisas e depois percebi na prática é que essa rede Nostalgic tem também uma marca própria chamada simplesmente de Vintage. São peças novas inspiradas em shapes e estilos de outrora. Legal né/

A alta temporada de viagens pro Chile se aproxima e mesmo que sua viagem seja para esquiar ou para as montanhas, se tiver um tempinho em Santiago, vale a pena seguir essas dicas e se jogar nos garimpos, viu?

 

 

Co-fundadora do Reuse Ideias, quero compartilhar com vocês, reusar e propagar as melhores ideias que ver por aí. A partir dessa consciência sobre as coisas não dá pra ficar indiferente. Transformando a mim mesma acredito que posso microtransformar alguma coisa no mundo também! E você?