Crise hidríca ou crise de consciência?!

água no deserto

Dia 22 de março comemoramos o dia mundial da água.Mas, você já pensou realmente sobre o assunto?

Recentemente em uma palestra, Amyr Klink soltou uma frase desafiante: “No Brasil, a abundância gera o desperdício”. Desafiante porque através desse insight pode-se entender muito da nossa relação com água.

Em um país tropical e sim, muito úmido, não vivemos em nossa realidade a falta que ela pode fazer. Ou melhor, não vivíamos. Não é de hoje que a seca faz parte de algumas regiões de nosso país, e nós do Sul que sempre vivemos em nossos confortos nem chegávamos a pensar que isso algum dia viria a nos acontecer.Porém, todos esses anos de mau uso desse recurso natural um dia nos trariam a conta, e o resultado final é digamos assim, um preço bem alto.

E aí nos questionamos o que podemos fazer para minimizar nosso impacto dia a após dia? Elencamos algumas ideias daqui e de lá pra reusar com você:

# Captação de água de chuva:  com o “Carnachuva” que tivemos por aqui está mais do que provado de chove muita chuva, chove sem parar… e se toda essa água fosse armazenada e reusada? Muitos prédios novos possuem essa técnica, mas e todos os outros que não tem? Já pensou em discutir essa ideia na próxima reunião de condomínio?

# Escovar o dentes com copinho: virou até campanha publicitária e viralizou na internet. Um desafio banal e todavia repleto de significado e melhor, resultado.

# Ensaboar toda a louça antes de enxaguar. Parece bobo, ou dica de mãe pra lavar tudo direitinho mas é bem isso mesmo fazer tudo de uma vez só, economiza bastante, viu?

# Banho de ducha por 15 minutos, com o registro meio aberto, consome 135 litros de água. Se fechamos o registro, ao se ensaboar, e reduzirmos o tempo para 5 minutos, o consumo cai para 45 litros.

# Nas pias, o tempo que levamos para abrir o registro e realmente usarmos a água poderia ser economizado com torneiras em pedal. Assim, só soltamos a água no momento que vamos usá-la. Para ter uma ideia isso economiza 6x mais.

# Ao lavar o rosto em um minuto, com a torneira meio aberta, uma pessoa gasta 2,5 litros de água. A dica é não demorar. O mesmo vale para o barbear. Em 5 minutos gastam-se 12 litros de água. Com economia o consumo cai para 2 a 3 litros.

# Sucção nos vasos sanitários ao invés da descarga comum. Este método usa apenas 400 ml de água, ao contrário dos 6 a 8 L gastos em somente uma apertada na descarga tradicional.

# Use um regador para molhar as plantas ao invés de utilizar a mangueira. Ao molhar as plantas durante 10 minutos o consumo de água pode chegar a 186 litros. Para economizar, a rega durante o verão deve ser feita de manhãzinha ou à noite, o que reduz a perda por evaporação. No inverno, a rega pode ser feita dia sim, dia não, pela manhã.

torneira

Pareceu impossível? Pois saiba que pensar nos problemas mais simples é o caminho para resolver os mais complexos. Só descobriremos que algo não pode ser feito, quando tentamos e falhamos. Mas a tentativa já é uma esperança de sucesso. Pense nisso e, é claro, reuse essa ideia!

Você sabia?

O consumo médio estimado por brasileiro é de 160 L de água, por dia?

Que ao se utilizar um copo de água, são necessários pelo menos outros 2 copos de água potável  para lavá-lo?

Combata o desperdício em qualquer circunstância.

No Reuse Ideias você encontra de tudo que pode ser reusado, repensado e reciclado: ideias, pensamentos, moda, gastronomia, design, música, arte, atitude e muito mais. Tudo que já foi e pode ser novo de novo, porque o que vale é se reinventar.