Para quem são as cidades?

Uma das palestras que mais despertaram nosso interesse, foi a da Natália com seu projeto Cidades para Pessoas. Explorando espaços públicos, ela saiu pelo mundo, mais precisamente percorreu 12 cidades, em busca de entender o que torna as cidades humanas.

cropped-cropped-logo

E acabou, descobrindo muitas coisas por esses caminhos. Os carros ocupam mais espaço mas não são eles que carregam o maior número de pessoas. A chuva em excesso pode trazer problemas para as cidades, mas com raciocínio de ruas com revestimento permeável ao invés de asfalto, tudo fica mais inteligente. Estes e outros insights foram propostos por ela.

Quando dizemos que esse foi um dos projetos que mais nos chamaram atenção, é porque em nossa região sofremos com má ocupação humana dos espaços naturais. Cidades sem planejamento nas quais vivemos, acabam por não aproveitar seus recursos naturais e sim degradá-los para o maior “conforto” da sua população. Conforto este momentâneo, pois quando essa cidade foi afundada pela Construção Civil quero ver explicar para as futuras gerações o que é uma árvore.

cidades para as pessoas

Vale muito a pena conhecer um pouco mais do projeto no site e também curtir a página do facebook para informações.

E você, já parou pra pensar sobre a ocupação humana na sua cidade?

No Reuse Ideias você encontra de tudo que pode ser reusado, repensado e reciclado: ideias, pensamentos, moda, gastronomia, design, música, arte, atitude e muito mais. Tudo que já foi e pode ser novo de novo, porque o que vale é se reinventar.